Telemedicina Zoom: entenda como funciona

Devido ao Covid-19, as conversas por vídeo com médicos estão se tornando mainstream. É assim que tudo funciona. Os cuidados com a saúde  nunca foram fáceis, mas com a pandemia do coronavírus, uma simples visita ao consultório médico é arriscada. É por isso que essa crise se tornou um momento de crescimento para a telemedicina, que conecta pacientes a médicos pela internet.  Nesse artigo trataremos dos desafios da telemedicina e de como o Zoom é uma poderosa solução.

A telemedicina chegou para ficar

Embora a telemedicina exista já há alguns anos, as recentes atualizações das regulamentações e um aumento na demanda tornaram a maneira mais fácil de obter muitos tipos diferentes de cuidados médicos. E, como você não precisa sair de casa para ver um médico, telemedicina acaba também sendo a opção mais segura agora.

Uma plataforma popular para videoconferência,  e que também entrou em maior evidência com Coronavírus, é o Zoom, e apesar da sua aplicação em muitos âmbitos da vida pessoal e profissional,  algo que nem todos sabem, é que ela é também uma excelente opção para muitos tipos de cuidados de saúde.

Podemos citar aqui alguns dos benefícios e vantagens da sua utilização, em especial nesse período:

  • Aumenta a qualidade do atendimento e desenvolve o envolvimento com modernas comunicações de vídeo
  • Melhora os resultados dos pacientes
  • Libera equipes e médicos e leitos do hospital para atenção especial ao Covid-19, enquanto médicos especialistas podem atender de casa.
  • Colaboração para atendimento ao paciente com comunicações de vídeo em tempo real.
  • Os pacientes podem ser tratados virtualmente de qualquer lugar, de qualquer dispositivo, garantindo atendimento médico oportuno.
  • Videoconferência de alta qualidade consistente, mesmo em ambientes de baixa largura de banda.
  • Gerenciamento simples de usuários e logon único
  • Segurança multicamada com AES-256 e criptografia
  • Sala de espera do paciente

Telemedicina na Covid-19

Decerto, são muitas as razões para buscar uma alternativa como essa. os centros de atendimento de urgência estão incentivando os pacientes a usar suas opções de telemedicina. Alguns hospitais estão fazendo uso de plataformas virtuais para a triagem de pacientes que podem ter Covid-19, enquanto outros estão usando a tecnologia apenas para liberar espaço e pessoal. 

Ainda assim, a ideia de falar com um médico através de um computador ou smartphone é, sem dúvida, intimidante para muitos. Há novos serviços para aprender, preocupações com privacidade para lidar e questões de seguro para resolver. Mas com mudanças rápidas, a telemedicina nunca foi tão simples:

1) Telemedicina é mais fácil do que ir ao consultório médico

A telemedicina é tipicamente tão simples quanto um paciente conversando com um médico durante uma chamada de vídeo. Como essas consultas exigem uma camada de privacidade e segurança, existem regulamentos em vigor para a proteção dos pacientes, mas essas estão mudando diante da crise do Covid-19.

Se você tem um médico regular, é possível que eles já tenham um sistema de telemedicina em vigor, então faça check-in antes de procurar outro provedor. Mas se você não tem um médico de atenção primária ou precisa de cuidados urgentes, você deve verificar as plataformas de telemedicina disponíveis.

2) Cuidados virtuais ajudam todos a combater o Coronavírus

Muitos hospitais estão incentivando os pacientes a usar o atendimento virtual de urgência para uma consulta antes de ir para uma clínica. Decerto, isso é especialmente importante para pacientes que pensam que têm Covid-19, mas não estão doentes o suficiente para exigir internação. Consultas virtuais permitem que os médicos triem pacientes sem o risco de espalhar o vírus, e os pacientes podem receber tratamento rápido para seus sintomas.

Mesmo que você se sinta saudável o suficiente para visitar seu médico pessoalmente para um check-up, você deve reconsiderar. Muitas necessidades de cuidados de saúde de rotina podem ser tratadas usando ferramentas de telemedicina, e ficar em casa ainda é a melhor maneira de fazer sua parte na luta contra a pandemia.

3) As seguradoras estão facilitando o pagamento da telemedicina

Se você tem plano de saúde privado, você deve verificar se sua seguradora fez ajustes em suas apólices de reembolso para telemedicina. Mas, como sempre, esteja preparado para ler as letras miúdas. As seguradoras têm sido historicamente lentas para oferecer opções de telemedicina.

4) Telemedicina é mais versátil do que você pensa

A telemedicina é particularmente adequada para certos tipos de cuidados médicos, incluindo consultas gerais com médicos bem como cuidados de saúde mental, consultas de acompanhamento e até algumas especialidades, como a dermatologia. Além disso, é bastante rotineiro para os médicos escrever prescrições após uma visita de telemedicina, e o governo está levantando algumas restrições para a prescrição de substâncias controladas através da telemedicina curando a crise Covid-19. Por outro lado, certas tarefas como vacinar e colher amostras precisam ser feitas fisicamente.

Se você tem o equipamento certo, um número surpreendente de medidas de saúde também pode ser feito remotamente. Decerto, há uma ampla gama de dispositivos médicos lá fora do que pode ajudá-lo a fazer qualquer coisa, desde verificar sua pressão arterial para medir seus níveis de oxigênio no sangue. Em um cenário de telemedicina, essas ferramentas podem fornecer ao seu médico informações valiosas sobre sua saúde.

5) Cuidados de saúde presenciais podem nunca mais ser os mesmos

Resta saber se a pandemia Coronavírus fará com que a telemedicina seja vista com melhores olhos. Além disso, vale a pena ter em mente que a resposta do Covid-19 fez com que outros tipos de cuidados de saúde fossem suspensos, incluindo o tratamento para procedimentos de câncer e afirmação de gênero. Eventualmente, precisaremos encontrar uma maneira de voltar com segurança para fornecer muitas formas de atendimento presencial.

Ainda assim, muitas pessoas estão usando a tecnologia pela primeira vez, e criando suas impressões iniciais de telemedicina e o que aparenta, é que vai ser difícil para as seguradoras e o governo recuarem quando os pacientes se acostumarem a usar serviços digitais de saúde. 

Afinal, mesmo quando essa pandemia já se for, por muito tempo, quem não gostaria da conveniência de ir um médico de qualquer lugar? Podemos ser todos mais saudáveis com essa acessibilidade!

Se você é médico, considere o uso do Zoom para seus atendimentos e assistência médica. As inúmeras funcionalidades do Zoom permitem um atendimento com uma qualidade e registro técnico que nem em consultas presenciais eram possíveis.

Funções do Zoom

 

  • Revisão da sessão de gravação
  • Salvar as suas reuniões para consulta e revisão
  • Recursos aprimorados de colaboração com outros médicos e especialistas anotando diretamente na tela compartilhada com anotações visíveis para todos os participantes
  • Integrações de dispositivos médicos.
  • Exame e tratamento de pacientes virtualmente com controle de câmera remota, EHR e dispositivo médico.
  • O Zoom suporta ainda fluxos de trabalho seguros e de ponta a ponta para telemedicina garantir a comunicação entre o pessoal administrativo e médico
  • As consultas de telemedicina se conectam a médicos, pacientes e especialistas para atendimento regular ou urgente.
  • Educação continuada econômica e treinamento contínuo em saúde
    para profissionais.
  • Educação progressiva em saúde e cuidados preventivos para alto risco.

 

Você é médico e gostaria de considerar uma plataforma de videoconferência segura e eficaz para os seus atendimentos? Ou você é empresário, no ramo da saúde, e está buscando uma solução completa para o atendimento entre a sua equipe e pacientes? Preencha o formulário abaixo para mais informações sobre a Telemedicina Zoom, e logo um dos nossos consultores entrará em contato!

Inscreva-se na
nossa Newsletter

Banner's

Artigos recomendados

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp